Talhos

Ideias para decorar um talho (açougue)

Sempre gostei de ajudar os donos de talhos (açougues) a melhorarem as lojas.

É que os talhos são quase todos iguais. E quando num setor, os lojistas decidem fazer as lojas todas iguais, torna-se muito mais fácil ser diferente.

Por isso, você está com sorte. Não precisa de fazer muito, nem gastar muito dinheiro para fazer muito melhor que os outros lojistas fazem.

Mas porque é que você tem que ser diferente a decorar o seu talho?

É uma excelente questão e que tem duas respostas.

Se o seu talho só vender para empresas (restaurantes, cafés, etc), então talvez a decoração do seu talho não seja o fator mais importante. Você não precisa de investir na imagem do talho.

Mas se tiver clientes individuais (e quase todos têm), então você deve prestar muita atenção à decoração do seu talho.

Lembre-se de uma coisa muito importante, e que eu gosto de dizer muitas vezes aos donos de talhos, até eles já saberem de cor, o que eu vou dizer:

Você não vende carne. Você vende os ingredientes para os seus clientes fazerem os melhores cozinhados do mundo.

E é verdade. Os seus clientes não precisam de carne, o que eles precisam é de boa comida.

E para eles terem uma ideia do que é boa comida, a decoração da loja, bem como a exposição das carnes, ajuda a criar um ambiente que faz os clientes querem fazer os melhores cozinhados do mundo.

De repente os clientes querem todos ser o próximo concorrente do Master Chef.

Vamos falar de coisas mais concretas

Você deve escolher a decoração em função dos clientes – os que tem atualmente, e os que quer ter.

Nunca se esqueça desta regra, deve escolher uma decoração, não porque é mais atraente, mas sim porque é a mais adequada ao cliente que quer ter.

Não deixe o seu fornecedor de equipamentos de frio escolher a decoração do seu talho. Eles podem perceber de frigoríficos, mas de decoração não percebem.

Mas você pode perceber, porque não é muito difícil. E eu vou tentar dar uma ajuda neste artigo.

Não imite os supermercados, por favor.

A maioria dos talhos tenta imitar os talhos dos supermercados. Essa é a estratégia errada. O que funciona para os supermercados, não funciona para si. A decoração do seu talho não deve ser uma imitação da dos supermercados.

Para facilitar eu vou sugerir três tipos de decoração de talhos. Estes tipos de decoração, fazem parte do estilo “boutique”

1) Decoração de Inspiração Vintage

A decoração vintage, é a decoração que se usava na primeira metade do século XX. Estas são as suas características:

  • Utiliza como materiais os azulejos, a madeira e a pedra.
  • Onde seja possível, deve evitar a utilização de alumínios.
  • Quadros em ardósia (ou imitação) são essenciais. E devem ter letras, ou desenhos em cor branca.
  • Deve utilizar, com abundância, elementos decorativos, próprios dos anos 20-30: frascos em vidro; vasos em barro; recipientes em lata. Dentro destes recipientes deve colocar plantas (podem ser artificiais), alimentos em conserva, etc.
  • O letreiro exterior com o logótipo pode ser o tradicional luminoso, mas uma solução mais barata é colocá-lo no vidro (em vinil autocolante).
  • Os logótipos vintage têm, regra geral, apenas duas cores em contraste. Por exemplo: preto e branco; castanho e branco, azul e branco, azul claro e preto, etc.
Um bom exemplo de um talho com decoração "vintage"
Um bom exemplo de um talho com decoração “vintage”

2) Decoração de ambiente “orgânico”

Neste tipo de talho dá-se muito destaque à comida orgânica e natural. O ambiente tem tudo a ver com o que é natural e ecológico. Estas são as suas características:

  • Utiliza, preferencialmente, a madeira. Pode utilizar materiais plásticos, mas em tons da natureza (verde, bege ou castanho).
  • Os logótipos contêm muitas vezes objetos da natureza, tal como folhas, frutos, paisagens naturais. No caso de um talho, pode ter, por exemplo, um campo com animais a pastar.
  • O tipo de moveis e acessórios podem ser modernos, ou antigos, mas normalmente são do estilo moderno. A decoração de ambiente orgânico está mais ligado à modernidade, às pessoas mais “avançadas”.
  • Os espaços devem ser muito claros, com boa visibilidade. Deve ser possível ver todos os pormenores. A ideia do conceito orgânico, é que não há nada a esconder (tudo muito ético), desde a produção à venda, e por isso um ambiente claro reforça essa imagem.
  • Os espaços devem estar bastante livres. Não se deve preencher todos os cantos com produtos ou móveis.
Um talho estilo "orgânico", bastante espaço livre
Um talho estilo “orgânico”, bastante espaço livre

3) Decoração Regional

Esta é a decoração que tenta imitar as casas e ambiente das regiões onde se produz a carne. Podem por exemplo tentar imitar a decoração da Serra da Estrela e do Minho (em Portugal). Algumas das características:

  • A marca normalmente está associada à região que quer imitar na decoração. Ex: Talho do Minho, Açougue Baiano, etc.
  • A madeira é o principal material (normalmente madeira escura).
  • Utiliza muito os cestos em vime, mas o que a distingue mais é a utilização de objetos do artesanato regional.
  • Ao contrário da decoração “orgânica”, a decoração regional é mais escura, e as lojas estão todas preenchidas, com produtos, moveis, ou decoração. Quase que não se vêem as paredes e tetos.
  • Os enchidos costumam estar pendurados nos tetos.
Um talho regional, note-se no pormenor da farda do empregado, que é também regional.
Um talho regional, note-se no pormenor da farda do empregado, que é também regional.