Comércio em Geral, Comércio Online

Fórmula para fazer publicidade a uma loja

capa artido fazer publicidade a uma loja AIDA

Se você já tentou escrever um texto, ou criar um post para fazer publicidade a uma loja, então já chegou à conclusão que é mais difícil do que parece.

Fazer publicidade, ou promover uma loja, não é difícil para quem é profissional. Nós quando queremos fazer publicidade a uma loja não começamos do zero. O que fazemos é utilizar fórmulas que ajudam a escrever um anúncio (ou um post promocional) em pouco tempo, e com excelentes resultados.

Hoje, vou ensinar a aplicar uma das fórmulas mais utilizadas na publicidade.

Você pode utilizar esta fórmula em:

  • folhetos
  • flyers
  • posts no Facebook, Instagram, e outras redes sociais
  • publicidade no Google
  • anúncios em jornais
  • etc

Vão-se acabar os minutos a olhar para um papel em branco (ou computador), e não saber o que fazer.

A fórmula que eu vou explicar chama-se: AIDA

E AIDA são as inicias para:

  • Atenção
  • Interesse
  • Decisão
  • Ação.

Passos AIDA

Cada um destes elementos são um passo. Isto significa que temos que fazer cada um de forma sequencial. Primeiro temos que obter a atenção das pessoas, depois temos que despertar o interesse, depois temos que as fazer decidir, e por último, temos que as fazer agir.

Vamos então ver cada um destes passos em pormenor.

Atenção

Um dos erros frequentes de quem faz publicidade ou promoção, é pensar que as pessoas vão todas olhar para a publicidade. Infelizmente, isso é cada vez menos verdade. Por isso, antes de você começar a falar dos seus maravilhosos bolos, da saia linda, ou da carne ao melhor preço, você tem que conseguir a atenção das pessoas.

Há duas maneiras de conseguir a atenção. Ou com uma imagem, ou com palavras. No caso de você estar a fazer um post ou anúncio no Facebook ou Instagram, a imagem vai ser a sua ferramenta para chamar a atenção das pessoas. Isto porque as pessoas que estão a ver o feed do facebook e Instagram, olham primeiro para a imagem, e só depois é que decidem se vão ler o resto.

Claro que há outros meios onde você não quer (ou não pode) utilizar uma imagem. Neste caso, utilize uma frase para chamar a atenção das pessoas.

A ideia, neste primeiro passo, não é começar a apresentar logo os seus argumentos para conquistar o cliente. E isso, como já disse, é um erro que se paga caro. Foque-se apenas em fazer o cliente reparar na sua publicidade.

Para isso, você tem que se pôr na pele do cliente. Por exemplo, quando uma cliente está no Facebook, a consultar o feed, ela vai deslizando os posts, vendo as imagem. Quando vê uma imagem que lhe chama a atenção, ela pára para ver com mais detalhe.

O que é que faz a pessoa parar?

A maioria das pessoas não está à procura de promoções ou publicidade de lojas. A maioria das pessoas está à procura de fotos de pessoas amigas. E é por isso que fotos que parecem feitas amadoramente têm mais probabilidade de serem vistas.

No caso de você estar a fazer um cartaz, antes de se preocupar com as palavras, pense no design do cartaz:

  • A cor do fundo
  • A cor das letras
  • O tipo de letra.

É isso que faz o cliente reparar no cartaz, e não o que lá está escrito. O que lá está escrito é importante para o passo 2 — Interesse.

Interesse

Agora que você tem a atenção do cliente, chegou a altura de criar interesse no cliente.

Mais uma vez, isto pode ser feito com uma imagem, ou com com palavras.

Se você tiver uma foto com um peça de roupa extraordinária, isso será suficiente para despertar o interesse. Mas se a imagem não tem nenhum interesse especial, e só serviu para chamar a atenção, então você vai ter que usar palavras para criar interesse.

Mais à frente, vamos ver como criar interesse através de casos práticos.

Decisão

Neste momento, o seu potencial cliente tem a sua atenção, e você despertou o interesse. Agora você tem que convencer o cliente a fazer o que você quer que ele faça:

  • Se você quer que o cliente visite o seu site, você tem que dar uma razão (pelo menos uma) para que ele queira ir dar uma olhada no seu site.
  • Se você quer que o cliente vá à sua loja, você tem que dar um argumento para que ele queira ir à sua loja
  • Ou se você quer que ele compre um produto específico, você tem que dar um argumento para que ele queira comprar esse produto.
  • Ou ainda, outro objetivo qualquer (subscever newsletter, seguir página do facebook, etc)

Resumindo, pense no que você quer que o cliente faça, e dê um (ou vários) motivos para o cliente fazer o que você quer.

Chamo a atenção para dois erros comuns:

  • Não dê demasiados argumentos (motivos). No máximo dê apenas 3 argumentos. Mas o ideal é escolher apenas um (o mais forte). Como por exemplo: “visite o nosso site e receba 20% de desconto”.
  • Só tenha apenas um objetivo. Não queira convencer o cliente a visitar a loja e a comprar um produto específico ao mesmo tempo. Claro que para comprar o produto específico, ele terá que visitar a loja. Por isso, e neste caso, não precisa de convencer o cliente a ir à loja. Convença-o a comprar o produto.

Ação

O último passo é você fazer o cliente agir.

Muitas pessoas que fazem publicidade, fazem um bom trabalho a chamar a atenção do cliente e a convencer o cliente, mas depois esquecem-se de fazer o apelo para o cliente agir. Acham que o cliente depois de estar convencido, não precisa de mais nada. Mas isso não é verdade na maior parte dos casos.

Para você aplicar bem este passo, você tem que em primeiro lugar decidir o que é que você quer que o cliente faça.

Se você quer que o cliente compre um produto, peça-lhe para comprar o produto, e indique-lhe o que ele tem que fazer.

Por exemplo, diga “compre agora a camisa”, e depois coloque um link ou um botão para o cliente poder comprar imediatamente o produto.

Se você quer que o cliente visite a sua loja, diga: “visite-nos,” e indique a morada da loja.

E se você quer que o cliente faça alguma outra coisa, diga-o, e ajude-o a que ele possa fazer essa coisa.

Mas como é mais fácil perceber com exemplos, aqui ficam dois.

Exemplo 1 – cavalete de rua

Objetivo: Fazer o cliente entrar numa confeitaria, utilizando um cavalete de rua.

O nosso objetivo é colocar um cavalete numa rua próxima da nossa loja, e fazer com que as pessoas visitem a nossa confeitaria.

O primeiro passo é chamar a atenção das pessoas que passam na rua. Isso poderia ser feito com um cartaz que chamasse a atenção, ou com um frase.

Mas neste caso o cavalete pode ficar num lugar onde é quase impossível não ser visto. E por isso, não precisamos de mais nada para chamar a atenção.

Já temos o nosso cavalete a chamar a atenção de quem passa

Agora, precisamos de criar interesse.

Para isso, vamos utilizar uma frase. E a frase será: “Que calor!!!”. Como está frio na rua, as pessoas que sentem frio vão ficar intrigadas.

Com esta frase, vamos conseguir o interesse de quem está com frio.

Mas agora vamos fazer com que a pessoa queira mesmo ir à nossa confeitaria. Para isso vamos continuar com 2 frases (2 motivos):

Confeitaria Vintage

  • Bebidas e bolos quentes
  • Ambiente acolhedor
Agora, damos dois argumentos

Por último temos que apelar a que a pessoa faça o que queremos: ir visitar a confeitaria. E vamos ainda acrescentar que a loja fica muito perto.

Então, vamos terminar o cartaz do cavalete com a frase: “Visite-nos, a 30 metros”

Cavalete de rua que utiliza a fórmula AIDA para fazer publicidade a uma loja.
Agora já está a publicidade completa com a fórmula AIDA

Resumo

Atenção: Cavalete no meio da calçada

Interesse: “Que calor !!!”

Decisão:

  • Bebidas e bolos quentes
  • Ambiente acolhedor

Ação: “Visite-nos, a 30 metros”

Exemplo 2 – post no Facebook

Objetivo: Fazer o cliente comprar uma t-shirt

Neste exemplo, o nosso objetivo é criar um post para o facebook em que vamos convencer o utilizador a comprar uma t-shirt (camiseta)

Para chamarmos a atenção, vamos utilizar uma foto. Mas vamos optar por uma foto que não pareça uma foto profissional. As pessoas associam fotos profissionais a publicidade, e por isso nem reparam nessas fotos. Então escolhemos uma foto que parece amadora.

Pode ser uma foto deste tipo:

Fazer publicidade a uma loja com a fórmula AIDA num post do facebook. Foto de rapaz com t-shirt

De seguida temos que criar interesse. Vamos conseguir isso com o título do post:

“A t-shirt que todos querem”

Com esta frase, vamos fazer com que os homens que gostam de t-shirts vejam que o post é para eles.

Agora vamos ajudar o leitor a decidir. E neste caso, vamos ser diretos e apresentar como argumento o preço promocional.

“T-shirt surf Hawai, agora com o preço especial de 9€.”

E para terminar, colocamos uma frase e o link.

“Compre já, e receba em sua casa (link para site)”

Resumo

Atenção: Foto com aspeto amadora

Interesse: “A t-shirt que todos querem”

Decisão: “T-shirt surf Hawai, agora com o preço especial de 9€.”

Ação: “Compre já, e receba em sua casa” + link para site.

Utilize a fórmula AIDA para testar a publicidade da sua loja

Agora que você já conhece a fórmula AIDA para fazer publicidade a uma loja, você pode tentar melhorar a publicidade que já fez.

Veja os posts, os cartazes, e toda a publicidade que já fez, e veja se eles respeitam estas regras:

  • Chamam a atenção do seu público?
  • Criam interesse?
  • Fazem o cliente decidir?
  • E apelam a uma ação concreta?

Se sim, você está no bom caminho para aumentar as vendas da sua loja.

Quer aprender mais sobre este tema?

Temos vários manuais e cursos para que possa aprender ainda mais sobre este e outros temas de negócios de lojas. Dê um salto enorme no seu negócio.

Gostou deste artigo?

Estamos sempre a lançar novos artigos para ajudar quem tem, ou quer ter uma loja. Pode inscrever-se na nossa newsletter (e ainda por cima é gratuita), e assim receberá os novos artigos no seu email, e outras informações.

E ainda recebe um livro grátis.