Comércio em Geral

Estes vendedores até parecem clones….

Um dias destes fui fazer compras a um centro comercial (shopping).

Precisava de comprar uma camisola e decidi ir ao centro comercial. Como estava a chover, comprar em lojas de rua não era opção.

Encontrei uma loja com uma camisola que gostei, peguei na camisola e dirigi-me para a caixa. Como havia alguns clientes à minha frente, tive tempo para observar os vendedores.

Estavam três vendedores atrás do balcão da caixa. Uma rapariga e dois rapazes.

E os dois rapazes pareciam que tinham sido clonados. Os dois com a barba escura muita cerrada (dizem que o termo certo é tipo homem das cavernas ou lenhador).

Quem sabe, seria uma das exigências de candidatura para vendedor da loja.

Quando chegou à minha vez, entreguei a camisola ao empregado (o hipster lenhador) e eu disse: “Boa tarde”

O vendedor olhou para mim e sem abrir a boca abanou a cabeça em sinal de afirmação.

Ora se eu já não tivesse tido várias conversas sobre este assunto com alguns lojistas e empregados de lojas, possivelmente iria ficar a pensar que o vendedor era mal educado e/ou arrogante.

O que se passa é que está a haver uma alteração muito importante na maneira como os clientes querem ser tratados.

 

É por isso que temos que aceitar que o tipo de atendimento tem que evoluir.

Cada vez mais assisto a pessoas jovens (abaixo dos 30 anos) a atender outras pessoas da mesma idade e a tratarem-se por tu, mesmo nunca se tendo conhecido.

Ora se me tratassem por tu numa loja, eu não iria ficar satisfeito, mas os jovens acham normal.

Mas a grande alteração que está a haver no atendimento nem é o facto de se tratar por tu, mas sim o facto de os vendedores cada vez falarem menos com os clientes e estes ficarem satisfeitos que haja pouco diálogo com os vendedores.

Eu fiz algumas perguntas a jovens familiares e conhecidos e a resposta foi sempre a mesma. Não gosto que os vendedores falem comigo nas lojas. Mesmo os jovens extrovertidos preferem que não lhes falem. Não são só os introvertidos.

Claro que as pessoas mais velhas ainda preferem ser tratadas com algum cuidado. Mas estou convencido que com o tempo, até estas quererão ser menos “incomodadas” nas lojas.

E se você tem clientes jovens e adolescentes pense muito bem em como atender esses clientes. Quem sabe não preferem outro tipo de atendimento.

Existe muito a ideia de que as pequenas lojas têm vantagem sobre as grandes porque têm um atendimento mais cuidado.

Só que eu temo que algumas delas estejam a dar um atendimento demasiado cuidado e em vez de estarem a conquistar clientes às grandes lojas, estarem a perder clientes para as grandes lojas.

Quer aprender mais sobre este tema?

Temos vários manuais e cursos para que possa aprender ainda mais sobre este e outros temas de negócios de lojas. Dê um salto enorme no seu negócio.

Gostou deste artigo?

Estamos sempre a lançar novos artigos para ajudar quem tem, ou quer ter uma loja. Pode inscrever-se na nossa newsletter (e ainda por cima é gratuita), e assim receberá os novos artigos no seu email, e outras informações.

E ainda recebe um livro grátis.