Um conselho antes de promover um empregado - Venda Otimizada

Um conselho antes de promover um empregado

Ao longo da minha vida profissional, já chefiei centenas de empregados.

Já fiz muitas coisas bem feitas, mas também já cometi muitos erros a chefiar pessoal. E hoje gostaria de falar precisamente de um desses erros, porque é um erro que muitas empresas cometem.

E esse erro é promover pessoas que não têm capacidade para o novo cargo.

Existe uma “lei” da gestão de pessoal que diz que “todo o empregado tende a ser promovido até atingir um nível de incompetência” – Chamou-se a esta lei “O Princípio de Peter”

A explicação deste princípio é simples e é fácil de perceber. Se formos promovendo um empregado, há-de haver um ponto em que esse empregado fica com um cargo para o qual não tem qualificações suficientes.

Todos nós temos as nossas limitações, e por isso haverá sempre um cargo para o qual somos incompetentes.

E isto acontece muito nas empresas, porque temos tendência a promover as pessoas que já são competentes num cargo da empresa.

Eu tinha uma empregada que era muito competente no que fazia. Era vendedora de uma loja, e até tinha qualidades de chefia. Um dia, essa empregada veio dizer-me que estava a fazer um curso de vitrinismo e decoração de lojas. Gostei do facto dessa pessoa ter iniciativa e de querer evoluir.

Passados uns meses dei a oportunidade a essa empregada de fazer as montras da loja.

E o resultado foi desastroso. Mas nem foi o facto de o resultado ser mau (os clientes entravam muito menos na loja), que foi o problema. O problema é que essa pessoa achava que tinha feito um bom trabalho, e em vez de querer melhorar, amuou.

Você já deve ter passado por isto, quando contraria um empregado, ele amua, e começa a criar um ambiente negativo que prejudica o trabalho e as vendas.

Uma boa vendedora com qualidades de chefia tinha sido promovida a um trabalho para o qual era incompetente, e ainda por cima, não queria melhorar.

Se tiver um pouco de tempo, aconselho a que leia o livro que deu origem ao “Princípio de Peter”.

Moral da história

Não devemos promover pessoas só porque elas são competentes noutro cargo. Devemos promover as pessoas se tivermos a certeza que essa pessoa será competente nesse novo cargo.

A minha experiência diz-me que na maior parte dos casos é preferível contratar alguém de fora, que já tenha dado provas de competência nesse cargo.

Quer aprender mais sobre este tema?

Temos vários manuais e cursos para que possa aprender ainda mais sobre este e outros temas de negócios de lojas. Dê um salto enorme no seu negócio.

Gostou deste artigo?

Estamos sempre a lançar novos artigos para ajudar quem tem, ou quer ter uma loja. Pode inscrever-se na nossa newsletter (e ainda por cima é gratuita), e assim receberá os novos artigos no seu email, e outras informações.

E ainda recebe um livro grátis.

Um conselho antes de promover um empregado
Voltar ao topo