Supermercados, Talhos

Como ultrapassar o movimento anti-carne, e aumentar as vendas de um talho (açougue).

movimentos anti-carne e aumento das vendas

Os talhos, e outras lojas que vendem carne, como por exemplo mercearias, supermercados, lojas gourmet, estão a sofrer com os movimentos anti-carne.

Por um lado, são os defensores dos direitos dos animais, por outro são os vegetarianos e vegans que deixaram de comer carne. E finalmente são os ambientalistas a defender a redução do consumo de carne, para reduzir o espaço dedicado à criação de gado.

O resultado é:

  • menos clientes,
  • clientes que consomem menos carne, e compram menos,
  • mais custos de produção, que faz diminuir as margens.

Então o que fazer?

Calma. É perfeitamente possível manter e até aumentar as vendas. Lá porque as vendas totais estejam a diminuir, isso não significa que haja talhos que conseguem aumentar as vendas. A verdade é que isso é mesmo possível.

Você só tem que se concentrar em dois aspetos.

1 — Diminuir o impacto dos movimentos anti-carne

Os clientes vegan e vegetarianos foram perdidos. Mas você precisa de convencer as pessoas que ainda consomem carne a não deixar de consumir.

Um dos erros eu vejo em muitos talhos é usar imagens de animais.

Por exemplo, em cartazes, ou em panfletos usam imagens de animais a pastar.

movimentos anti-carne e aumentar as vendas de um talho.
Não utilize imagens de animais reais para promover o seu negócio.

Mas isso pode prejudicar as suas vendas.

Mesmo que sejam vacas ou ovelhas a pastar. As pessoas preferem não pensar que a carne vem de animais concretos. E isso é particularmente mais forte em crianças. E as crianças têm muita influência sobre as compras dos pais.

Em vez de ter imagens reais de animais, utilize sempre imagens estilizadas de animais, como por exemplo esta imagem que foi retirada do Manual Completo para talhos (açougue).

2 — Procurar novos nichos de mercado

Mas para além disso, você pode procurar novos nichos de mercado.

É que quase sempre quando uma porta se fecha, outra se abre.

E existem alguns grupos de clientes que continuam a consumir muita carne. Na realidade, esses grupos consomem ainda mais carne do que antes.

Estou a falar da moda das novas dietas em que a carne é uma grande parte da alimentação diária. É o caso da dieta Paleo e da dieta cetogénica (Keto).

Mas como é que você pode aproveitar esta moda?

Em primeiro lugar, tente descobrir o máximo sobre estas dietas, e a parte da carne. Pesquise em blogues, e adira a grupos do Facebook de pessoas que se interessam por estas dietas.

Depois, vejo como é que pode ajudar estas pessoas. Algumas hipóteses:

  • Sugestões de compra
  • sugestões de preparação de alimentos
  • corte especial de carne
  • etc.

Faça posts para as redes sociais, coloque cartazes na loja, e se puder faça publicidade a este grupo de pessoas.