Lojas de Roupa

Como abrir uma loja de roupas

Foto de um manequim para como abrir uma loja de roupas

Abrir uma loja de roupas pode ser um bom negócio. Mas infelizmente muitos lojistas abrem a loja e têm que fechar passados alguns meses.

E ao contrário do que se pensa, isso tem pouco a ver com a crise ou com a concorrência. Isto porque apesar de já existirem demasiadas lojas de roupa, há sempre espaço para abrir uma loja de roupas que tenha o projeto certo.

Eu já abri e ajudei a abrir dezenas de lojas de roupa, e o que lhe posso dizer é que é sempre possível abrir uma loja de roupas de forma a anular a concorrência. Mesmo que estejamos a vender roupas muito semelhantes.

Mas não é isso que acontece na maioria das lojas novas. Os novos lojistas insistem em ter projetos quase iguais aos das grandes cadeias de lojas. E claro, não têm hipótese de concorrer com eles.

Mas isso não tem que ser assim.

Por isso, aqui ficam os passos que você deve dar para abrir uma loja de roupas.

#1 — Escolher entre os vários tipos de lojas existentes.

Se você não tem uma ideia do tipo de lojas de roupa que existem, dê uma vista de olhos a este artigo que eu escrevi:

Ideias para lojas de roupa

Nesse artigo existem dezenas de tipos de lojas para você escolher.

#2 — Definir o tipo de cliente

Depois de você ter definido o tipo de loja, fica mais fácil decidir o tipo de cliente. Mas não seja genérico.

Não diga: homens entre os 20 e os 30 anos.

Em vez disso, seja específico. Por exemplo: homens entre os 20 e os 30 anos, que trabalhem em escritórios, e que usam roupa clássica no trabalho.

#3 — Definir o tipo de roupas (e acessórios)

Depois do passo #1 e #2, é mais fácil escolher os produtos que você vai ter na sua loja

Lembre-se que a criação de uma marca não é um fim, mas um processo. Não queira ter demasiados tipos de produtos se não conseguir fazer uma boa escolha. É preferível começar com poucos, mas atraentes, e depois ir acrescentando mais.

#4 — Encontrar fornecedores de roupa

Se você vai trabalhar com marcas de outras empresas, o que você tem que fazer é uma pesquisa das marcas que existem.

Existem feiras de vestuário em que as marcas que vendem para lojas expõem as coleções. Há feiras nacionais, mas também feiras internacionais que são muito importantes e onde é possível encontrar as melhores marcas do mundo.

Outra alternativa, é você visitar as lojas de roupa existentes, e ver quais as marcas que eles têm. Depois é só contactar essas marcas.

Mas se você vai ter marca própria, então terá que encontrar fábricas que produzam a roupa que quer.

Mais uma vez, você tanto pode encontrar fábricas nacionais, como fábricas estrangeiras. E nas estrangeiras, as mais fáceis de contactar são as fábricas na China.

como abrir uma loja de roupas foto de uma fábrica
Dica: Não escolha fábricas demasiado grandes para começar. As fábricas mais pequenas vão-lhe dar mais atenção que as grandes.

#5 — Decidir onde vender

Agora, você tem que decidir onde é que vai vender.

No caso de decidir vender na internet, você tem várias hipóteses.

As duas mais habituais são:

  • Site próprio
  • Plataformas de lojas

A vantagem de ter um site próprio, é que é você quem controla o site. Você é realmente dono da loja, e pode fazer o que lhe apetece.

As plataformas de lojas (exemplo: Ebay, Etsy, etc), você não é verdadeiramente dono da sua loja. E está sujeito às regras das plataformas. Mas tem como vantagem que você tem acesso imediato a muitos clientes que visitam todos os dias essas plataformas.

No caso de decidir abrir uma loja de roupas física

Terá que encontrar uma loja de rua, ou num shopping.

Obviamente que abrir uma loja de roupas física é um investimento muito maior que uma loja virtual. Mas tem algumas vantagens que as pessoas não pensam muito:

  • Tem contacto direto com os clientes. E isso é muito importante porque pode ouvir reclamações e sugestões de clientes e assim melhorar o seu negócio.
  • Se a loja ficar bem situada, num local de muita passagem de pessoas (ou de carros), você tem sempre a possibilidade de melhorar as vendas. Basta que consiga convencer as pessoas a entrar. E isso está nas suas mãos.

#6 — Definir estratégia e mensagem

Esta é das fases mais importantes. E no entanto, quase ninguém a faz.

Eu aqui não posso explicar como é que se faz para definir a estratégia e a mensagem da loja. Seria preciso fazer um curso sobre o assunto, pois é um tema vasto. Mas a mensagem deve ter presente os seguintes elementos:

  • um problema — qualquer loja tem que resolver um problema. Mesmo uma loja de roupas
  • uma solução — que inclui a sua loja ou os produtos que vende
  • um cliente — o cliente tem que sentir que a mensagem é para ele

Mas quando uma loja tem uma mensagem bem definida, o que acontece é que:

  • os clientes que visitam a loja sabem automaticamente se a loja é indicada para eles ou não;
  • e se for para eles, e se a mensagem estiver bem feita, os clientes sentirão um atração pela loja e irão comprar;
  • é muito fácil promover a loja.

A maioria dos lojistas tem dificuldade em fazer uma descrição da loja, como por exemplo, na descrição da empresa no Facebook. E isso acontece porque não definiram a mensagem e a estratégia da loja.

Se o tivessem feito, seriam capaz de descrever a loja em muito pouco tempo.

#7 — Valorizar a marca

Este é o último passo para abrir uma loja de roupas.

A força de um negócio de roupa está na marca. A marca é o que representa todo o negócio. E por isso tem que ser acarinhado e melhorado.

Você tem que ver a sua marca de roupa como se fosse um bebé, que tem que ser cuidado e alimentado para se tornar um adulto forte.

Cada vez que você faz qualquer coisa positiva pela marca, como por exemplo, deixar um cliente extremamente satisfeito, o valor da marca aumenta.

Mas por outro lado, cada vez que você fizer algo negativo pela marca, o seu valor vai diminuir.

Ao longo dos tempos, o valor da sua marca vai ser a diferença entre as partes positivas e as partes negativas.

É por isso que não basta promover a marca, utilizando por exemplo, a publicidade. É preciso mais que isso. É preciso pôr o cliente sempre em primeiro lugar. Quando isso acontece, será próprio cliente a promover a sua marca.

Este é um trabalho contínuo

A não ser que você tenha muito dinheiro para investir em publicidade e em relações públicas, o sucesso não será conseguido de um dia para o outro.

Mas o sucesso da sua marca de roupa pode ser muito mais rápido se você se concentrar no pontos certos, em vez de se perder em detalhes que não acrescentam valor à sua marca.

Quer aprender mais sobre este tema?

Temos vários manuais e cursos para que possa aprender ainda mais sobre este e outros temas de negócios de lojas. Dê um salto enorme no seu negócio.

Gostou deste artigo?

Estamos sempre a lançar novos artigos para ajudar quem tem, ou quer ter uma loja. Pode inscrever-se na nossa newsletter (e ainda por cima é gratuita), e assim receberá os novos artigos no seu email, e outras informações.

E ainda recebe um livro grátis.